Acidente de viação provoca um morto e quatro feridos em Mbanza Kongo

Mbanza Kongo – Uma pessoa morreu e quatro ficaram feridas em consequência de um acidente de viação ocorrido na manhã de hoje, quarta-feira, na cidade de Mbanza Kongo, província do Zaire.

O sinistro, que envolveu um camião cisterna e uma motorizada de três rodas, ocorreu nas imediações do Bandu, no troço rodoviário de acesso ao mercado municipal da Bela Vista.

O porta-voz do Comando Provincial do Zaire da Polícia Nacional, inspector-chefe Luís Bernardo, disse, em declarações à imprensa, que o acidente foi causado por excesso de velocidade e ultrapassagem irregular por parte do proprietário da motorizada que transportava cinco passageiros.

“Sem prioridade, o motociclista tentou fazer uma ultrapassagem irregular, tendo, inesperadamente, embatido contra o camião que circulava no sentido ascendente”, explicou a fonte.

O motociclista meteu-se em fuga, enquanto os feridos em estado grave foram evacuados para o Hospital Provincial do Zaire, onde recebem assistência médica.

Luís Bernardo reiterou o apelo aos automobilistas e motociclistas para uma condução responsável, evitando excessos de velocidades nas localidades.

O sinistro, que envolveu um camião cisterna e uma motorizada de três rodas, ocorreu nas imediações do Bandu, no troço rodoviário de acesso ao mercado municipal da Bela Vista.

O porta-voz do Comando Provincial do Zaire da Polícia Nacional, inspector-chefe Luís Bernardo, disse, em declarações à imprensa, que o acidente foi causado por excesso de velocidade e ultrapassagem irregular por parte do proprietário da motorizada que transportava cinco passageiros.

“Sem prioridade, o motociclista tentou fazer uma ultrapassagem irregular, tendo, inesperadamente, embatido contra o camião que circulava no sentido ascendente”, explicou a fonte.

O motociclista meteu-se em fuga, enquanto os feridos em estado grave foram evacuados para o Hospital Provincial do Zaire, onde recebem assistência médica.

Luís Bernardo reiterou o apelo aos automobilistas e motociclistas para uma condução responsável, evitando excessos de velocidades nas localidades.