Chuva inunda residências no Soyo

Soyo – Oitenta e seis residências ficaram inundadas em consequência da chuva torrencial registada na tarde desta terça-feira, na cidade do Soyo, província do Zaire.

De acordo com o comandante local do Serviço de Protecção Civil e Bombeiros (SPCB), André Neves Soares, as chuvas nesta localidade têm sido intensas, nos últimos sete dias, provocando também o alagamento de templos e ruas dos bairros periféricos.

Sublinhou que esta situação, para além de obrigar os moradores a abandonarem, provisoriamente, as suas residências em busca de lugares seguros para se abrigar, está também a inviabilizar a circulação de viaturas e peóes.

O responsável, que falava à ANGOP, informou que decorrem  trabalhos de sucção das águas em quintais e residêrncias inundados, em parceria com a empresa de processamento do gás liqueifeito Angola LNG.

A construção nas vias de escoamento das águas fluviais e próximo das valas de drenagem foram apontadas como as principais causas das inundações que têm sido registadas com regularidade na cidade do Soyo na época chuvosa.

A cidade do Soyo tem uma população estimada em 208 mil e 497 habitantes, distribuídos pelos bairros Kikala Kiaku, 1º de Maio, Kungua Yenguele, Paróquia e Praia dos Pobres.

 

De acordo com o comandante local do Serviço de Protecção Civil e Bombeiros (SPCB), André Neves Soares, as chuvas nesta localidade têm sido intensas, nos últimos sete dias, provocando também o alagamento de templos e ruas dos bairros periféricos.

Sublinhou que esta situação, para além de obrigar os moradores a abandonarem, provisoriamente, as suas residências em busca de lugares seguros para se abrigar, está também a inviabilizar a circulação de viaturas e peóes.

O responsável, que falava à ANGOP, informou que decorrem  trabalhos de sucção das águas em quintais e residêrncias inundados, em parceria com a empresa de processamento do gás liqueifeito Angola LNG.

A construção nas vias de escoamento das águas fluviais e próximo das valas de drenagem foram apontadas como as principais causas das inundações que têm sido registadas com regularidade na cidade do Soyo na época chuvosa.

A cidade do Soyo tem uma população estimada em 208 mil e 497 habitantes, distribuídos pelos bairros Kikala Kiaku, 1º de Maio, Kungua Yenguele, Paróquia e Praia dos Pobres.