OMA incentiva mulheres apostarem na formação

Mbanza Kongo - A secretária provincial da OMA do Zaire, Isabel Luvenga, encorajou hoje, sexta-feira, em Mbanza Kongo, as mulheres a apostar mais na formação académica e profissional, para responderem aos desafios do país.

De acordo com a responsável, que discursava no acto da abertura da primeira reunião extraordinária da OMA na província do Zaire, a aposta na formação garante à mulher concorrer em igualdade de circunstância com os homens em todas as áreas de desenvolvimento.

“Com a capacitação, a mulher angolana continuará a disputar com os homens lugares de maior relevância em diversas instituições existentes no país”, sublinhou.

Apelou, por outro lado, às militantes da OMA para continuarem com a tarefa de mobilização de mais mulheres para aderirem à organização feminina afecta ao MPLA no Zaire.

Sensibilizar ainda a camada feminina para cumprir com as medidas de biossegurança contra a Covid-19 foi também uma das recomendações baixada pela responsável.

Na reunião está a ser debatidas questões internas da organização, o plano anual das actividades para a sua aprovação, entre outros assuntos.

Participam do evento, que encerra ainda hoje, delegadas provenientes dos seis municípios da província do Zaire.

 

 

De acordo com a responsável, que discursava no acto da abertura da primeira reunião extraordinária da OMA na província do Zaire, a aposta na formação garante à mulher concorrer em igualdade de circunstância com os homens em todas as áreas de desenvolvimento.

“Com a capacitação, a mulher angolana continuará a disputar com os homens lugares de maior relevância em diversas instituições existentes no país”, sublinhou.

Apelou, por outro lado, às militantes da OMA para continuarem com a tarefa de mobilização de mais mulheres para aderirem à organização feminina afecta ao MPLA no Zaire.

Sensibilizar ainda a camada feminina para cumprir com as medidas de biossegurança contra a Covid-19 foi também uma das recomendações baixada pela responsável.

Na reunião está a ser debatidas questões internas da organização, o plano anual das actividades para a sua aprovação, entre outros assuntos.

Participam do evento, que encerra ainda hoje, delegadas provenientes dos seis municípios da província do Zaire.