Africano de programação com três representantes angolanos

Luanda - Os Institutos Superiores ISPTEC e ISUTIC e Universidade Agostinho Neto (UAN) qualificaram-se para concurso Africano e Árabe de Programação (ACPC), ao obterem maior pontuação na IV edição do Concurso Angolano Universitário de Programação (AOCPC).

O concurso realizado nos dias 29 e 30 de Dezembro de 2020, cujos resultados foram publicados no passado final de semana, ditou em primeiro o ISPTEC, que resolveu nove dos 13 exercícios submetidos, segundo ISUTIC (8/13) e terceiro a UAN (4/13).

O desafio contou com a participação de 17 equipas representando oito Instituições de Ensino Superior do país.

As três instituições angolanas representarão o país no concurso ACPC, a ser realizado de 19 a 23 de Março em Luxor, Egipto, com outras universidades de África e Médio oriente.

De acordo com o regulamento da competição, caso as Instituições angolanas consigam resolver maior número de exercícios, dentro do tempo estipulado, qualificam-se para o campeonato do mundo, com as melhores universidades.

 

O concurso realizado nos dias 29 e 30 de Dezembro de 2020, cujos resultados foram publicados no passado final de semana, ditou em primeiro o ISPTEC, que resolveu nove dos 13 exercícios submetidos, segundo ISUTIC (8/13) e terceiro a UAN (4/13).

O desafio contou com a participação de 17 equipas representando oito Instituições de Ensino Superior do país.

As três instituições angolanas representarão o país no concurso ACPC, a ser realizado de 19 a 23 de Março em Luxor, Egipto, com outras universidades de África e Médio oriente.

De acordo com o regulamento da competição, caso as Instituições angolanas consigam resolver maior número de exercícios, dentro do tempo estipulado, qualificam-se para o campeonato do mundo, com as melhores universidades.