DW disponibiliza plataforma de interacção

  • Secretário para Juventude, Fernando João
  • Development Workshop lança plataforma virtual
Luanda – A Organização Não Governamental (ONG) Development Workshop (DW) disponibilizou hoje, quarta-feira, em Luanda, uma plataforma virtual de interacção, denominada “Mumala” direccionada, principalmente, para estudantes universitários.

A plataforma, lançada por videoconferência, foi criada no quadro do Programa de Estágio Profissional, foi desenvolvida pela ONG DW, com o financiamento da petrolífera BP Angola e seus parceiros do Bloco 31.

O dispositivo tem o objectivo de facilitar o acesso à informação e comunicação relacionadas com o Programa de Estágio Profissional e Comunitário da DW, gerar conteúdos e divulgação de experiências profissionais, serviço de apoio à iniciativa de auto-emprego para projectos dos jovens criativos, entre outros serviços dirigidos a estudantes universitários e público interssado.   

Adoptado o modelo de “Innovation Hub” (em português Plataforma de Inovação), a “Mumala” vai funcionar como um sistema de gestão e permitirá que os 95 estagiários da DW, que iniciaram uma formação sobre empreendedorismo em Março de 2020, tenham também acesso ao Serviço de Mentoria e Coaching Profissional.

A iniciativa vai ainda permitir que os 95 formandos inseridos no programa de formação e capacitação da DW recebam apoio para as suas iniciativas de auto-emprego.

Na ocasião, o secretário de Estado para a Juventude, Fernando Francisco João, considerou a iniciativa importante porque vai contribuir para a valorizar ainda mais os projectos criativos dos jovens angolanos.

Augura que a plataforma ajude na inserção dos jovens na vida económica e social das comunidades e que o novo dispositivo tecnológico seja sustentável e encontre o apoio de toda a sociedade.

O Executivo, ressaltou, está empenhado e promove as iniciativas relacionadas com o desenvolvimento da personalidade dos jovens, criação de condições para a sua integração na vida activa e apoia os seus projectos que visam o bem-estar da população e o crescimento das comunidades, aspectos consagrado constitucionalmente.

“Sendo a Mumala uma plataforma virtual que visa facilitar o acesso à informação e aos serviços oferecidos pelo Programa de Estágio Profissional e Comunitário vai constituir uma importante ferramenta de empoderamento da juventude, alinhada com a Política Nacional da Juventude “, acentuou.

Para o coordenador do Projecto de Estágio Profissional e Comunitário, João Domingos, o “Mumula” vai gerar conteúdo e divulgação de experiências profissionais.

O Programa do Estagio Profissional e Comunitário da DW já formou mais de dois mil jovens desde a sua implementação em 2001.

 

A plataforma, lançada por videoconferência, foi criada no quadro do Programa de Estágio Profissional, foi desenvolvida pela ONG DW, com o financiamento da petrolífera BP Angola e seus parceiros do Bloco 31.

O dispositivo tem o objectivo de facilitar o acesso à informação e comunicação relacionadas com o Programa de Estágio Profissional e Comunitário da DW, gerar conteúdos e divulgação de experiências profissionais, serviço de apoio à iniciativa de auto-emprego para projectos dos jovens criativos, entre outros serviços dirigidos a estudantes universitários e público interssado.   

Adoptado o modelo de “Innovation Hub” (em português Plataforma de Inovação), a “Mumala” vai funcionar como um sistema de gestão e permitirá que os 95 estagiários da DW, que iniciaram uma formação sobre empreendedorismo em Março de 2020, tenham também acesso ao Serviço de Mentoria e Coaching Profissional.

A iniciativa vai ainda permitir que os 95 formandos inseridos no programa de formação e capacitação da DW recebam apoio para as suas iniciativas de auto-emprego.

Na ocasião, o secretário de Estado para a Juventude, Fernando Francisco João, considerou a iniciativa importante porque vai contribuir para a valorizar ainda mais os projectos criativos dos jovens angolanos.

Augura que a plataforma ajude na inserção dos jovens na vida económica e social das comunidades e que o novo dispositivo tecnológico seja sustentável e encontre o apoio de toda a sociedade.

O Executivo, ressaltou, está empenhado e promove as iniciativas relacionadas com o desenvolvimento da personalidade dos jovens, criação de condições para a sua integração na vida activa e apoia os seus projectos que visam o bem-estar da população e o crescimento das comunidades, aspectos consagrado constitucionalmente.

“Sendo a Mumala uma plataforma virtual que visa facilitar o acesso à informação e aos serviços oferecidos pelo Programa de Estágio Profissional e Comunitário vai constituir uma importante ferramenta de empoderamento da juventude, alinhada com a Política Nacional da Juventude “, acentuou.

Para o coordenador do Projecto de Estágio Profissional e Comunitário, João Domingos, o “Mumula” vai gerar conteúdo e divulgação de experiências profissionais.

O Programa do Estagio Profissional e Comunitário da DW já formou mais de dois mil jovens desde a sua implementação em 2001.