Trabalhadores defendem redução dos preços da cesta básica

Cuito - Os trabalhadores filiados à Unta-Confederação Sindical do Bié solicitaram hoje, na cidade do Cuito, das autoridades angolanas, a criação de políticas que permitem a redução, rapidamente, dos preços da cesta básica, assim como da inflação que se regista a nível do país.

Falando no acto das comemorações do Dia Internacional do Trabalhador, assinalado hoje, o secretário provincial desta organização do Bié, Herculano Nguendagolo, realçou que os actuais salários são insustentáveis face à inflação que se verifica.

O responsável sindical sugeriu, de igual modo, à necessidade do Executivo continuar a apostar na criação de melhores condições de trabalho, visando promover a justiça social.

Pediu ainda ao Governo para fortalecer a sua aposta na agricultura, de modo a permitir que haja aumento da produção interna, para se reduzir as importações.

Já o vice-governador para o sector Político, Social e Económico do Bié, António Manuel, assegurou que o Governo vai continuar a promover os trabalhadores da função pública, assim como protegê-los cada vez mais, visando efectivar os direitos consagrados constitucionalmente.

António Manuel reiterou ainda o aumento de mais postos de emprego, para reduzir o índice de desemprego.

A província do Bié, centro de Angola, com perto de dois milhões de habitantes, conta com mais de 20 mil trabalhadores no ramo da função pública.

Falando no acto das comemorações do Dia Internacional do Trabalhador, assinalado hoje, o secretário provincial desta organização do Bié, Herculano Nguendagolo, realçou que os actuais salários são insustentáveis face à inflação que se verifica.

O responsável sindical sugeriu, de igual modo, à necessidade do Executivo continuar a apostar na criação de melhores condições de trabalho, visando promover a justiça social.

Pediu ainda ao Governo para fortalecer a sua aposta na agricultura, de modo a permitir que haja aumento da produção interna, para se reduzir as importações.

Já o vice-governador para o sector Político, Social e Económico do Bié, António Manuel, assegurou que o Governo vai continuar a promover os trabalhadores da função pública, assim como protegê-los cada vez mais, visando efectivar os direitos consagrados constitucionalmente.

António Manuel reiterou ainda o aumento de mais postos de emprego, para reduzir o índice de desemprego.

A província do Bié, centro de Angola, com perto de dois milhões de habitantes, conta com mais de 20 mil trabalhadores no ramo da função pública.