Angola e Turquia analisam reforço da cooperação nos transportes

  • Ministro dos Transportes, Ricardo D'Abreu (à esq.), com o ministro turco dos Transportes e Infraestruturas, Adil Karaismailoglu (à dir.)
Luanda - O ministro dos Transportes, Ricardo Viegas D’Abreu, analisou nesta terça-feira, em Ankara, Turquia, com o seu homólogo turco, Adil Karaismailoglu, o incremento da cooperação bilateral no sector que dirige.

Ricardo D’Abreu abordou com Adil Karaismailoglu a cooperação nas áreas da aviação civil e das infraestruturas ferroviárias e abriu aos empresários turcos dos sub-sectores marítimo-portuário e ferroviário oportunidade para investirem em Angola.

Disse haver oportunidades de investimento estrangeiro, a exemplo do concurso público internacional sobre a modernização e gestão do Porto do Lobito, recentemente lançado, além de estar em preparação outro relacionado com o Corredor do Lobito.

O ministro angolano considerou a visita como mais um marco no reforço das relações entre os dois países e exprimiu a convicção de que Angola e a Turquia possam caminhar no sentido de arquitectarem laços estratégicos de mútuo interesse.

De acordo com uma nota enviada à ANGOP, o programa de visita de Ricardo D’Abreu compreende visitas e encontros, em Istambul, com os principais grupos empresariais dos segmentos dos Transportes e Infraestruturas, com destaque para a empresa Yapi Merkezi.

A Yapi Merkezi construiu o Túnel Euroásia, submerso à uma profundidade de mais de 100 metros, com uma extensão de 14 quilómetros, no estreito de Bosphorus, sendo uma obra considerada "arte emblemática" da engenharia turca.


Os referidos encontros constituem igualmente uma oportunidade para explorar a uma janela de abertura ao mercado turco, na medida em que o ministro angolano vai partilhar a visão e projectos do Plano Director Nacional do Sector dos Transportes e Infraestruturas Rodoviárias.

A ocasião servirá também para Ricardo D`Abreu apresentar o projecto de construção do Metro de Superfície de Luanda, que se encontra na forja e cuja edificação impõe a presença, dentre outras, de competência e investimento.

Durante a sua estada naquele país, o governante angolano manterá também conversações com responsáveis da Turkish Airlines e, antes do seu regresso ao país, ser-lhe-ao apresentados os passos da construção e operação do novo Aeroporto de Istambul, inaugurado há dois anos e considerado um dos maiores e mais modernos do mundo.

Integram a delegação angolana funcionários seniores da Transportadora Aérea Angolana - TAAG, da Autoridade Nacional da Aviação Civil (ex-INAVIC) e do Ministério dos Transportes.

Ricardo D’Abreu abordou com Adil Karaismailoglu a cooperação nas áreas da aviação civil e das infraestruturas ferroviárias e abriu aos empresários turcos dos sub-sectores marítimo-portuário e ferroviário oportunidade para investirem em Angola.

Disse haver oportunidades de investimento estrangeiro, a exemplo do concurso público internacional sobre a modernização e gestão do Porto do Lobito, recentemente lançado, além de estar em preparação outro relacionado com o Corredor do Lobito.

O ministro angolano considerou a visita como mais um marco no reforço das relações entre os dois países e exprimiu a convicção de que Angola e a Turquia possam caminhar no sentido de arquitectarem laços estratégicos de mútuo interesse.

De acordo com uma nota enviada à ANGOP, o programa de visita de Ricardo D’Abreu compreende visitas e encontros, em Istambul, com os principais grupos empresariais dos segmentos dos Transportes e Infraestruturas, com destaque para a empresa Yapi Merkezi.

A Yapi Merkezi construiu o Túnel Euroásia, submerso à uma profundidade de mais de 100 metros, com uma extensão de 14 quilómetros, no estreito de Bosphorus, sendo uma obra considerada "arte emblemática" da engenharia turca.


Os referidos encontros constituem igualmente uma oportunidade para explorar a uma janela de abertura ao mercado turco, na medida em que o ministro angolano vai partilhar a visão e projectos do Plano Director Nacional do Sector dos Transportes e Infraestruturas Rodoviárias.

A ocasião servirá também para Ricardo D`Abreu apresentar o projecto de construção do Metro de Superfície de Luanda, que se encontra na forja e cuja edificação impõe a presença, dentre outras, de competência e investimento.

Durante a sua estada naquele país, o governante angolano manterá também conversações com responsáveis da Turkish Airlines e, antes do seu regresso ao país, ser-lhe-ao apresentados os passos da construção e operação do novo Aeroporto de Istambul, inaugurado há dois anos e considerado um dos maiores e mais modernos do mundo.

Integram a delegação angolana funcionários seniores da Transportadora Aérea Angolana - TAAG, da Autoridade Nacional da Aviação Civil (ex-INAVIC) e do Ministério dos Transportes.