Destacamentos de sinistralidade serão reforçados com meios de socorro

Cuito – Diversos centros de destacamentos de sinistralidade rodoviária instalados em todo o país serão apetrechados, ainda no decurso deste ano, com meios de socorros, de forma a acudir vítimas de acidentes de viação.

A informação foi prestada hoje à imprensa pelo comandante nacional do Serviço de Protecção Civil e Bombeiros, comissário bombeiro principal Bensau Mateus, no quadro da visita de constatação de dois dias que efectua na província do Bié.

Segundo o responsável, os meios já foram encomendados e tão logo chegam ao país serão distribuídos, em função da realidade de cada província.   

Bensau Mateus frisou que vários centros não têm meios adequados de socorros e há necessidade de equipá-los, para que os efectivos tenham condições de intervir nos eventuais casos que possam surgir.

Entre as necessidades destaca-se moto cera, extintores e outros de apoios de desencarceramento de vítimas que possam estar preso numa viatura.

Ainda no âmbito da sua visita, que termina hoje, Bensau Mateus presidiu ao acto de patenteamento e promoção de 169 efectivos pertencente ao comando provincial do Serviço de Protecção Civil e Bombeiros do Bié, no quadro do processo de promoção de carreira e formação de quadros.

Rendeu igualmente homenagem aos mártires da resistência da cidade do Cuito, visitou o ex-comando provincial do SPCB e quartel municipal do Cuito, o Aeroporto do Cuito “Joaquim Kapango” e as instalações da PRODEL. Parte superior do formulário

Na quarta-feira, Bensau Mateus manteve encontro com o vice-governador José Fernando Chatuvela e reuniu-se com os membros do Conselho Consultivo do MININT no Bié.

A informação foi prestada hoje à imprensa pelo comandante nacional do Serviço de Protecção Civil e Bombeiros, comissário bombeiro principal Bensau Mateus, no quadro da visita de constatação de dois dias que efectua na província do Bié.

Segundo o responsável, os meios já foram encomendados e tão logo chegam ao país serão distribuídos, em função da realidade de cada província.   

Bensau Mateus frisou que vários centros não têm meios adequados de socorros e há necessidade de equipá-los, para que os efectivos tenham condições de intervir nos eventuais casos que possam surgir.

Entre as necessidades destaca-se moto cera, extintores e outros de apoios de desencarceramento de vítimas que possam estar preso numa viatura.

Ainda no âmbito da sua visita, que termina hoje, Bensau Mateus presidiu ao acto de patenteamento e promoção de 169 efectivos pertencente ao comando provincial do Serviço de Protecção Civil e Bombeiros do Bié, no quadro do processo de promoção de carreira e formação de quadros.

Rendeu igualmente homenagem aos mártires da resistência da cidade do Cuito, visitou o ex-comando provincial do SPCB e quartel municipal do Cuito, o Aeroporto do Cuito “Joaquim Kapango” e as instalações da PRODEL. Parte superior do formulário

Na quarta-feira, Bensau Mateus manteve encontro com o vice-governador José Fernando Chatuvela e reuniu-se com os membros do Conselho Consultivo do MININT no Bié.