CFM  confirma chegada de novas locomotivas

  • Comboio do CFB (arquivo)
Lubango – As as últimas 11 locomotivas de transporte de carga múltipla adquiridas pelo governo, no âmbito da dinamização dos serviços ferroviários e destinadas ao Caminho-de-ferro de Moçâmedes (CFM), chegaram esta semana ao Porto do Namibe.

Esses meios importados dos Estados Unidos da América se juntam  a 27 que já estão no Lubango há mais de um ano, completando 38, de um total de 100 que o governo angolano comprou à General Electric para as três empresas ferroviárias públicas.

Conforme o director do gabinete de comunicação do CFM, Jacob Hipólito, as locomotivas de marca GE-C30ACi encontra-se ainda no Porto do Namibe, aguardado pelo desalfandegamento, cuja previsão para entrada na via está marcada para o mês de Dezembro.

Precisou que são meios que vão aumentar a capacidade da empresa no transporte de produção de minérios (granito, ferro) e dinamizar o corredor de Moçamedes no transporte e movimentação de grandes quantidade de mercadorias na região

De Moçâmedes a Menongue, num traçado de 746 quilómetros, o CFM tem sete frequências semanais, para além de operar no circuito suburbano do Lubango com viagens de uma em uma hora, transportando à volta de 300 mil passageiros/mês.

Esses meios importados dos Estados Unidos da América se juntam  a 27 que já estão no Lubango há mais de um ano, completando 38, de um total de 100 que o governo angolano comprou à General Electric para as três empresas ferroviárias públicas.

Conforme o director do gabinete de comunicação do CFM, Jacob Hipólito, as locomotivas de marca GE-C30ACi encontra-se ainda no Porto do Namibe, aguardado pelo desalfandegamento, cuja previsão para entrada na via está marcada para o mês de Dezembro.

Precisou que são meios que vão aumentar a capacidade da empresa no transporte de produção de minérios (granito, ferro) e dinamizar o corredor de Moçamedes no transporte e movimentação de grandes quantidade de mercadorias na região

De Moçâmedes a Menongue, num traçado de 746 quilómetros, o CFM tem sete frequências semanais, para além de operar no circuito suburbano do Lubango com viagens de uma em uma hora, transportando à volta de 300 mil passageiros/mês.