AGTSA e INFOTUR realizam “Rota dos Museus”

  • Vista Parcial do Memorial Agostinho Neto
Luanda - A Associação dos Guias de Turismo e Servidores Artísticos de Angola (AGTSA) e o Instituto de Fomento Turístico (INFOTUR) lançaram, nesta terça-feira, em Luanda, o projecto “Rota dos Museus”, com partida no Memorial António Agostinho Neto.

A iniciativa visa despertar e aumentar a cultura de visitas a museus a fim de se criar Identidade patrimonial, segundo o presidente da AGTSA, Carlos Bumba, explicando que a estreia privilegiou membros desses dois organismos, académicos e funcionários dos museus da cidade de Luanda.

Em declarações à Angop, o responsável sublinhou que o “Turismo Cultural inclui o património cultural material e imaterial e os museus, como acervo da memória de um povo, e que se reveste de utilidade idiossincrática”.

“O turismo através da roteirização é a via dinamizadora capaz de dar aura aos museus, daí a iniciativa bipartida entre as duas instituições para promoção deste segmento”, destacou.

O itinerário teve como ponto de partida o Memorial Doutor António Agostinho Neto, seguiu pela Avenida homónima, Largo do Baleizão, Museus da Moeda e de Antropologia.

A iniciativa prossegue no dia 21 de Janeiro, às 08:30, contemplando o Palácio de Ferro, o Museu Nacional de História Militar (Fortaleza São Miguel), o Museu Nacional de História Natural e o Museu Nacional da Escravatura.

Composta por 390 membros, a Associação dos Guias de Turismo e Servidores Artísticos de Angola (AGTSA) foi criada em 2014.

A iniciativa visa despertar e aumentar a cultura de visitas a museus a fim de se criar Identidade patrimonial, segundo o presidente da AGTSA, Carlos Bumba, explicando que a estreia privilegiou membros desses dois organismos, académicos e funcionários dos museus da cidade de Luanda.

Em declarações à Angop, o responsável sublinhou que o “Turismo Cultural inclui o património cultural material e imaterial e os museus, como acervo da memória de um povo, e que se reveste de utilidade idiossincrática”.

“O turismo através da roteirização é a via dinamizadora capaz de dar aura aos museus, daí a iniciativa bipartida entre as duas instituições para promoção deste segmento”, destacou.

O itinerário teve como ponto de partida o Memorial Doutor António Agostinho Neto, seguiu pela Avenida homónima, Largo do Baleizão, Museus da Moeda e de Antropologia.

A iniciativa prossegue no dia 21 de Janeiro, às 08:30, contemplando o Palácio de Ferro, o Museu Nacional de História Militar (Fortaleza São Miguel), o Museu Nacional de História Natural e o Museu Nacional da Escravatura.

Composta por 390 membros, a Associação dos Guias de Turismo e Servidores Artísticos de Angola (AGTSA) foi criada em 2014.